Andrey Piekas

Android One - Entenda o projeto do Google de smarts baratos

3 posts in this topic

O Google anunciou o projeto Android One na sua conferência Google I/O 2014. Apesar do nome, não se trata de um novo modelo de smartphone e sim de um projeto para incentivar fabricantes a desenvolverem smartphones Android baratos. Conheça um pouco mais dessa iniciativa e descubra o que ela é e como funcionará.

android_one_1.jpg

Com o projeto Android One, o Google irá ajudar os fabricantes disponibilizando modelos referenciais de construção de hardware no momento da elaboração de seus smartphones. Dessa forma, as empresas poderão produzir smartphones com recursos e preços interessantes para consumidores de mercados emergentes, sem ter que ficar se preocupando tanto (e perdendo tempo) com essa parte do projeto.
A intenção do Google é fazer com que, ao usar essas referências, os fabricantes não precisem ficar ajustando seus projetos para alcançar preços inferiores aos dos grandes fabricantes. Isso torna o processo de fabricação de smartphones mais barato e com um alto grau de qualidade.
O Android One ainda irá garantir que os telefones produzidos venham com a versão mais recente do Android e também recebam atualizações automáticas no momento em que elas forem liberadas. Além disso, mesmo com o Google ditando as regras do projeto, os fabricantes ainda poderão adicionar os seus próprios aplicativos nos sistemas, personalizando-os do jeito que quiserem.
O primeiro smartphone do Android One vem da Micromax, uma das marcas mais populares na Índia. Esse smartphone possui características que são muito importantes para os usuários de lá, como de 4,5 polegadas, rádio FM, suportes a dois chips, cartão microSD e claro, um preço baixo. De acordo com a Google, o smartphone deverá custar menos de US$ 100, ou seja, mais barato do que o Moto E.
android-one.jpg
Seguindo o mesmo caminho da Micromax, as empresas Karbonn Mobile e Spice Mobile também começarão a fabricar na Índia no final do ano smartphones tendo como base as referências do Android One.
O resumo do Android One é que ele é um programa no qual engenheiros do Google irão projetar hardware com custos e características acessíveis, as empresas parceiras irão simplesmente fabricá-lo e ainda terão um tratamento que grandes fabricantes em relação ao software e atualizações. Mas, no fim das contas, o grande beneficiário de tudo isso será o próprio Google, que poderá ditar um conjunto mínimo de padrões para os próximos aparelhos com Android.

Fonte: LINK

Edited by Andrey Piekas

Share this post


Link to post
Share on other sites

               

Achei muito interessante. E também é uma forma de a Google começar a padronizar o hardware do Android. A grande diferença dos aparelhos ficará por conta do desempenho, não por conta dos recursos (parece que esse padrão do Android One tem até giroscópio, coisa que hoje muitos smartphones mid-end ainda não tem).

Share this post


Link to post
Share on other sites

O google precisa padronizar a linha android urgentemente. Esse one deve ser o mínimo dos mínimos aceitável para rodar, pelo menos, 2 ou 3 versões do android. E impor isso a quem quiser continuar produzindo aparelhos com o sistema.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!


Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.


Sign In Now