A QooCam traz dois recursos inéditos em uma única câmera: ela pode registrar fotos e vídeos de Realidade Virtual em 360º ou em 3D, a 180º. O trabalho é feito por três lentes, que capturam imagens em 4K. O dispositivo ainda conta com recursos avançados, como mapa de profundidade para efeitos especiais após a filmagem e mudança de foco depois do disparo.

As funcionalidades fizeram tanto sucesso no Indiegogo que a campanha chegou a 1.816% da meta estabelecida até o fim do prazo, em 1º de junho. Seu preço é de US$ 329 (cerca de R$ 1.220, em conversão direta), valor do kit básico, que inclui a câmera, uma bolsa e os cabos USB. Além disso, para o Brasil é cobrada a taxa de US$ 30 (R$ 110) para entrega, prevista para agosto deste ano.

O interesse despertado pela câmera da Kandao tem muito a ver com seu baixo preço. Suas especificações a colocam como concorrente direta da GoPro Fusion, que grava em 360º com qualidade de 5,2 K. No entanto, a câmera de ação mais famosa custa US$ 699 (R$ 2.590), mais que o dobro da QooCam. No Brasil, onde a Fusion sai por R$ 3.999, a diferença é ainda maior.

Além isso, a alternância entre o 3D e o a captura em 360º dispensa comprar dois dispositivos para realizar uma dessas tarefas. Outra vantagem é sua tecnologia de detecção de profundidade, que permite escolher qual o ponto receberá o foco depois da captura. O sistema também possibilita incluir efeitos especiais após a filmagem, quando esta é realizada no modo 3D (180º).

A câmera conta com sistema de estabilização IMU, prometendo ausência completa de tremidos. Ela traz uma bateria de 2.600 mAh, cuja promessa de autonomia é de três horas. As mídias são armazenadas no cartão micro SD, com suporte a memórias de até 256 GB.

A QooCam traz conectividade USB 2.0, Bluetooth 4.0 e Wi-Fi dual band. O modelo pode ser controlado por meio do aplicativo, disponível para Android e iPhone (iOS), que também possui funções para edição das imagens. O modelo mede aproximadamente 2,5 x 3 x 20 cm, pesa 170 gramas e está disponível na cor preta.