HTC encerra vendas no Brasil

A HTC anunciou a demissão coletiva de seus funcionários no Brasil e o encerramento de suas atividades.

A antiga assessoria de imprensa da HTC no Brasil, a S2 Publicom, não administra a comunicação da empresa desde maio e não soube informar se há novos responsáveis, ou mesmo se há um contato da empresa. O encerramento das atividades no país foi revelado pelo MobileTime, que afirma ter acesso a carta de demissão enviada aos funcionários da empresa no país. Um comunicado oficial ainda não foi divulgado. Já há algum tempo o país está fora dos planos da fabricante de smartphones. A carência de lançamentos e produtos com força para competir com outras fabricantes podem ter gerado os resultados baixos, que provavelmente são o principal motivo para a empresa fechar as portas.

Durante o evento de lançamento da nova linha Android, a cidade de São Paulo foi demonstrada no telão como uma das capitais que receberiam o One X, aparelho equipado com o Ice Cream Sandwich, processador de quatro núcleos e tela de 4,7 polegadas com resolução de 720 por 1.280 pixels.  Com a mudança, as operadoras podem deixar de trazer novos aparelhos.

O último aparelho com Android lançado pela HTC no Brasil, o Desire A, chegou ao mercado já defasado. Lançado no início de 2011, o smartphone era equipado com Android 2.1, processador de 528 MHz, armazenamento de 512 MB e tela de 3,2 poelgadas. O preço elevado para uma configuração já ultrapassada não fez dele um sucesso.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

AndroidZ
Logo
Enable registration in settings - general