Recentemente, Larry Page, um dos homens fortes da Google, falou que a Motorola irá se empenha não apenas em  potência e desempenho, mas também na vida útil da bateria e sua durabilidade.

“Eu estou otimista quanto aos negócios. No mundo multiscreen em que vivemos, possibilidades são inúmeras. Pense em relação a seu aparelho. A vida da bateria é algo que realmente te incomoda, você sempre tem que ficar de olho nela. Quando você derruba seu telefone, não era para tudo se espatifar no chão. Tudo deveria ser rápido e fácil. Essa área tem um grande potencial.”

Nada muito crucial, mas é interessante ressaltar como a Motorola está na frente nesse ponto. Já se pode perceber isso com a bateria de 3.300 mAh que há no RazrMaxx HD.

Então, o que podemos esperar do Motorola X? Uma bateria de 4.000 mAh? 5.000? Estaremos muito longe de acertar?

O Google bate em um ponto interessante: aliar elegância com eficiência. É algo difícil de fazer, mas dependendo dessa empresa, não podemos duvidar de nada!