O Nokia X6 é a nova aposta da Nokia para o mercado de celulares intermediários. Ele chama atenção pelo visual bastante parecido com o iPhone X, ao incluir o recorte no topo – também visto no Zenfone 5 e LG G7. Além disso, apesar das fichas técnicas diferentes, ambos os smartphones compartilham funcionalidade em comum, como a câmera traseira dupla.

Enquanto o iPhone X é vendido no Brasil por valores a partir de R$ 6.999, o lançamento da Nokia não tem previsão de chegar ao país – mas pode ser adquirido no exterior na faixa de 1.299 a 1.699 yuans (R$ 750 e R$ 985 em conversão direta), dependendo da edição escolhida. Confira o comparativo a seguir e conheça as semelhanças e diferenças entre os telefones.

Design e Construção

O iPhone X possui visual bastante minimalista. Ele representa a modificação mais ousada da Apple: a tela ocupa a maior parcela da frente do dispositivo, com polêmico entalhe. O botão home, marca registrada dos celulares da companhia, também foi removido e substituído por gestos de navegação.

Ambos os telefones contam com revestimento de metal apenas nas laterais. As partes traseira e frontal são de vidro. Vale ressaltar que o celular da Nokia conta com proteção contra arranhões Gorilla Glass 3. Enquanto isso, alguns produtos mais recentes estão duas gerações na frente neste quesito.

Não constam informações se o Nokia X6 possui algum tipo de proteção contra água, como acontece com o iPhone X – que também apresenta um revestimento antioleosidade. Recentemente, o celular a Apple se saiu bem em um teste de resistência.

Tela

As telas dos smartphones são bem parecidas. Ambos contam com display de 5,8 polegadas, mas com tecnologia diferentes, Enquanto a Apple opta pelo painel OLED, a Nokia apresenta a tradicional tela IPS LCD, o que deve significar níveis menores de contraste e cores menos vibrantes, ao contrário do iPhone X.

Em termos de qualidade de imagem, ambos devem exibir a mesma riqueza de detalhes, sem grandes diferenças no uso diário. O Nokia X6 tem resolução Full HD+ (2280 X 1080), com densidade de 435 pixels por polegada (ppi), formato 19:9 e bordas finas, acompanhando demais smartphones premium da atualidade.

Já a tela do iPhone X tem resolução de 2436 x 1135 pixels com densidade superior, de 458 ppi. No entanto, a Apple apresenta alguns recursos adicionais, como o True Tone, que ajusta as cores do display de acordo com o ambiente, a fim de proporcionar mais conforto ao usuário.

Câmera 

A câmera dupla é destaque nos dois smartphones. No Nokia X6, os dois sensores possuem resolução de 16 megapixels com abertura focal de f/2.0 e inteligência artificial para melhorar a qualidade da imagem. Para selfies, a resolução se repete, com 16 MP.

O iPhone X traz resolução inferior, de 12 MP nos dois sensores, mas conta com estabilização ótica de imagem e lentes com aberturas mais generosas, de f/1.8 e f/2.4. Nos testes, o celular produziu fotos espetaculares, ao contrário da câmera frontal (7 MP), que produz resultados apenas bons.

Processador, memória RAM e armazenamento 

A ficha técnica do Nokia X6 é intermediária, composta pelo processador Snapdragon 636, com 8 núcleos e velocidade de até 1,8 GHz. A memória RAM varia entre as duas edições existentes: 4 GB ou 6 GB. Na prática, o celular deve entregar bom desempenho em aplicativos de redes sociais, produtividade e jogos mais leves.

Assim como demais smartphones da Apple, o iPhone X prioriza a integração entre software e hardware, a fim de entregar bom desempenho com especificações mais simples. Para isso, o celular conta com o processador neural A11 Bionic, com recursos de inteligência artificial. A quantidade de memória RAM não foi informada pela empresa.

Seguindo outro padrão da fabricante, o iPhone X é vendido apenas nas opções com armazenamento de 64 GB e 256 GB, sem possibilidade de expansão. O Nokia X6 oferece versões com 64 GB e 128 GB. Ambas contam com suporte a cartão microSD de até 256 GB.

Bateria

O iPhone X apresentou autonomia de 13 horas e 30 minutos, considerado como um aspecto positivo do smartphone. O Nokia X6, por sua vez, traz bateria com capacidade de 3.060 mAh, com promessa de um dia inteiro de carga.

Sistemas

Os celulares contam com sistemas operacionais diferentes. Enquanto o iPhone X roda o recente iOS 11 – com atualização para o iOS 12 garantida –, o Nokia X6 é comercializado com Android O de fábrica, com promessa de update para o Android P.

Recursos Extras

Além do novo sistema de reconhecimento facial Face ID, o iPhone X conta com os Animojis, animações em forma de emojis que utiliza a tecnologia TrueDepth para copiar as expressões faciais dos usuários. O celular da Apple também traz o 3D Touch, sensor de pressão na tela do dispositivo, capaz de apresentar outras opções em apps de acordo com a intensidade do toque.

A Nokia mantém o leitor de impressões digitais, alocando-o na parte traseira do smartphone, e também conta com a possibilidade de desbloquear o aparelho através de reconhecimento facial. O ponto positivo, porém, fica com a entrada para fones de ouvido, que não está mais presente nos celulares da Apple desde o iPhone 7.

Preços e Disponibilidade

O iPhone X é vendido no site oficial brasileiro por R$ 6.999 com 64 GB e por R$ 7.799 com 256 GB. No comércio eletrônico, o celular é encontrado por valores mais em conta, começando em cerca de R$ 5.300.

Ainda não existem informações sobre o lançamento do Nokia X6 no Brasil. Vendido na China, o preço varia entre as edições. Com memória RAM de 4 GB e armazenamento de 64 GB, o celular é encontrado por 1.299 yuans (R$ 750, na conversão direta), enquanto o modelo com 6 GB e 128 GB é vendido por 1.699 yuans (R$ 985).